quinta-feira, 20 de outubro de 2016

10 REGRAS PARA QUEM VISITA UM RECÉM-NASCIDO



O texto que segue não é meu. O mérito é da equipa Mãe me Quer.
Se fosse meu seria muito menos simpático e muito mais agressivo.

Mas focando-nos nas simpáticas e suaves palavras elucidativas sobre o tema: Porque é então que existem pessoas que insistem em passar por cima das decisões importantes, das MAIS IMPORTANTES da vida de um casal????

Ser-se indesejado é muito feio.
Mas ser- se indesejado e ainda assim ignorar isso e tudo e todos, é " la bomba" (término espanhol).
 
Há que ter em conta que nós, seres humanos, não somos todos iguais e é exatamente por isso que somos todos tão interessantes uns para os outros.
Que fulana amiga ou a filha da vizinha queira estar rodeada de todos e mais alguns, não significa que quem está ao nosso lado deseje o mesmo. Por isso nada mais bonito e humilde que saber aceitar e respeitar as opiniões diferentes às nossas bem como as decisões tomadas seja sobre que assunto for.
 
Eu, falo por mim, não sou pessoa de reagir bem a essa falta de sensibilidade por falta de terceiros. E sendo desrespeitada dessa maneira, e não estando à minha inteira e total vontade/liberdade, posso ser uma pessoa muito desagradável. Não se trata de ser má pessoa ou mal educada ou lá o que seja. Trata-se de mim. Do meu bem-estar. Do meu carácter que não me permite ser de outra forma, que não me permite fingir que está tudo bem quando não está. Isso tem um nome: Integridade. Sou assim, para o bem e para o mal.
E não. Não peço desculpa por algo que podia ter sido totalmente evitado, dado que quando existe diálogo o que se espera é isso mesmo: compreensão e aceitação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...