terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Como renovar tapetes de pele de ovelha sintética

Adoro o Ikea.
E adoro quase tudo que lá há.

Há tempos comprei dois tapetes destes, de pele de ovelha sintética,  branquinhos. Há em cinza também.
Adoro o visual que conferem e a sua versatilidade. Eu uso como tapetes, mas podem ser colocados em cadeiras, sofás, camas...e onde a imaginação com bom gosto permitir.



Branquinhos.  Já disse.
Claro que o branquinho tem um senão. Sujar-se muito. Mesmo que estejam no quarto, e raramente se ande por lá com sapatos de andar na rua, é inevitável que ao longo do tempo, o branquinho se torne "sujinho".

Para voltarem à sua cor inicial, metio-os na máquina no programa delicado ( já que segundo a etiqueta dos mesmos, podem ser lavados mas à mão.) . Saíram branquinhos de novo. Boa. Pensei. Agora é secar e voltar ao sítio. Errado.

Depois de secarem ficaram tão feios mas tão feios que nem sei como os voltei a colocar no sítio! !! Estavam prontinhos para ir para o lixo.

É normal dar banho à nossa Nara com frequência. Foi num dos últimos banhos que tomou, que fiz, inconscientemente, uma comparação. Dei-me conta que a Nara parecia uma ovelhinha molhada e que depois, quando o pelo já estava seco e escovado parecia finalmente a nossa cachorra fofíssima. Foi aí que se me deu o clique e a solução para os meus tapetes.
Serem escovados.
E foi exactamente o que fiz. Voltei a lavá-los, mas desta vez, com um pouco de amaciador.
Depois de secos, e com a ajuda de uma escova de cerdas duras, escovei-os, aos dois.
E pronto. Graças à minha cachorra fiquei com uns tapetes novos, branquinhos e fofíssimos. Mesmo como gosto.



PS. Nem sempre o barato sai caro. Às vezes dá é mais trabalho.

PSS. Colocá-los na secadora não é solução. Pelo contrário.  Piora ainda mais. Experimentei (antes) e foi fiasco garantido.

P.S.S.S. Para preservar este aspecto diariamente basta com umas  boas sacudidelas diárias.


Fontes :
Texto e Fotos : Sandra Pereira


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...