quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Feliz 2016 ☺


É tudo quanto vos tenho a dizer.
Sejam felizes. Sempre.




Fontes :
Texto : SandraPereira
Foto : Google images

O meu ano 2015 em revista





☆☆O MELHOR DESTE ANO ☆☆

♡♡ O MEU FILHO
Meu amor maior. Passar todos e cada um destes últimos 365 dias na sua companhia. Sem preço. O melhor do ano e da vida.

♡♡ AMOR
Foi um ano sensacional. Preenchido. Cheio de amor. De muitos bons momentos e de alguns menos bons também. Mas o amor, esse esteve sempre lá.  O amor do marido, o amor incondicional do filho, o amor dessa amiga especial que trago no coração, e o amor de familiares e amigos. Sempre o amor a comandar a minha vida.

☆☆ VIAGENS
Foi ano, à semelhança de outros anos anteriores, de viajar. O que eu gosto de viajar. AMO viajar. O marido habituou - me a estas prendas fantásticas e o certo, confesso, é que quando faço anos ou pelo Natal, não estou à espera de nenhuma outra prenda que não seja isso mesmo : uma viagem.
Este ano juntámos à nossa bagagem de vida, mais dois sonhos concretizados: Amesterdão e Londres.

♡♡ BATIZO DO MEU AMOR MAIOR
Foi um acontecimento muito importante não só neste ano que passou, mas sim na nossa vida.  A entrada na vida cristã do nosso reizinho e toda a festa envolvente ao acontecimento, os amigos todos juntos. Felicidade.

☆☆ MUSICAL REI LEÃO
Sou do tempo de muitos desenhos animados. Gosto de muitos até.  Mas o Rei Leão é o meu preferido. A história,  as músicas,  e o seu significado na minha vida desses tempos idos que me marcaram e deixaram saudades para sempre,  fazem destes desenhos animados o meu preferido. Nos meus anos, deste Setembro de 2015, foi finalmente prenda do meu marido.  As entradas para o grandioso Musical do Rei Leão.  Os desenhos animados da minha vida.  E que dizer. ADOREI.  Um musical fan tás ti co. Lindo. De todos os que já tive a oportunidade de ver, sem dúvida o meu preferido.  A história conhecida de trás para a frente, as músicas mais que cantadas, as danças. ..tudo um sonho vivido. Obrigada meu amor.

♡♡ MADRID
Não posso considerar Madrid uma viagem, porque Madrid é algo diferente.  É algo mais profundo.
Foi também uma surpresa do maridão nos meus anos. E é que voltar aqui depois de 1 ano e 9 meses foi algo bonito mas muito sentido e emotivo. Mas foi dos melhores momentos deste ano que passou sem qualquer sombra de dúvida.

☆☆SAÚDE
Dentro do que cabe, com excepção de uma crise odiosa de enxaquecas,  este foi um ano em que a saúde, graças a Deus esteve do nosso lado cá em casa.


♧♧ O PIOR DESTE ANO♧♧

♧♧FALTA DE TEMPO
Não pensem que é só coisas boas. Para se ter todas essas aí atrás,  é necessário fazer muitos sacrifícios. E de todas as coisas más que poderia enumerar aqui todas se resumem a uma só : a "falta" de um marido e pai [mais] presente. Ele é o melhor de todos.  Sem dúvida.  E aqui não há margem e nem admito qualquer discussão do assunto.
Mas, esse perigoso mas, falta-lhe tempo. Tempo para ser feliz connosco. Tempo para desfrutar de nós e connosco. Tempo para ser feliz e dar felicidade. Tudo o que pedimos, a familia pede ( Nara, Guilherme e eu) é que ao nosso ídolo lhe seja concedido mais tempo para VIVER.

♧♧ ENXAQUECAS
Infelizmente este ano e ao fim de 2 anos desde a ultima vez, fui atacada por crises de enxaqueca. Terríveis. De sofrer imenso ao ponto de não conseguir fazer absolutamente nada. Desgastante.

♧♧ AMIZADE INTERROMPIDA
Não tenho medo da solidão.  Dou-me bem com ela. Também porque nunca estive realmente sozinha. Mas o Luxemburgo pode ser um dos países mais solitários para viver. E agora que fiquei sem a minha  melhor amiga aqui neste país frio, tenho medo desses dias longos e escuros sem a presença dela e dos seus rebentos para nos dar um pouco de alegria diária. Perdê-la para que ela voltasse a ser feliz, foi dos piores momentos deste meu ano de 2015. Porque lhe tenho um carinho enorme e a vi-a como parte da família. Basta - me com saber que está feliz, mas a sua falta, só eu sei como a sinto e vou sentir...


Fontes :
Texto e Fotos : Sandra Pereira

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Madrid, parte de mim


Cidade de recantos e encantos. Podia viver aí mais outros 4 anos, que não me  chegariam para os descobrir.
Madrid. Fui tão feliz em ti.  A cidade das mil cores e mil ofícios. Tão cosmopolita como gosto de dizer. E não é mentira nem exagero.  És mesmo assim. 



Este Natal fui visitar-te com a minha família. Quando te deixámos, hipoteticamente, porque na verdade tu fazes parte da nossa vida, sempre,  já éramos uma família a 3. Ele era ainda minúsculo e estava dentro de mim, mas levei - o a conhecer - te e mostrei-lhe o bonita e quão anfitriã podes chegar a ser. E o certo é que quando te viu finalmente frente a frente ficou tão encantado e surpreso quanto eu. Sim, porque passe o tempo que passar, te viva e respire vezes infinitas, o certo é que sempre me surpreendes.



Por isso quando te abracei de novo neste Natal, tudo o que desejei foi ser parte de ti, presencialmente,  outra vez. Sabia e muito, a falta que me fazes, mas ao ver-te ali, olhos nos olhos, não pude deixar de sentir uma dor no peito e perguntar-me, questionar - me mesmo, o que me levou a deixar-te??

Madrid.
Podia sentir o mesmo pela terra que me viu nascer ou pela outra que me viu crescer, ou ainda pela vila que me recebeu de braços abertos há quase 13 anos. ... mas não.  Não há amor que se compare àquele que sinto por ti. Tu és parte de mim. És história da minha vida. Foram 4 anos apenas, mas foram tão intensos e tão bonitos que sinto que fomos uma da outra a vida toda. Não penses que te traí ao deixar-te . Não.  Jamais o conseguiria fazer. Apenas estamos longe fisicamente, porque te trago sempre no coração. E se assim não fosse,  basta olhar para o meu filho e lembro - te sempre em cada gesto dele. Afinal ele "cresceu" aí. Foi em ti que tivemos esta maior felicidade da nossa vida. Não te posso esquecer jamais.



Madrid.
"De Madrid al cielo "

Te quiero. Por todo el siempre.

Fontes :
Texto e Fotos : Sandra Pereira

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Feliz Natal 🎄

Espero que tal como eu tenham passado um Feliz Natal na companhia de quem mais gostam.




Fontes:
Texto : SandraPereira
Foto : Google images


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Árvores de Natal, giras e diferentes, para todos os gostos #2


E aqui segue mais uma recopilação de umas quantas árvores para lá de giras e muito à frente. Gosto. Para o ano, seguramente que inovarei.
Podem ver mais aqui.

Boas festas☺














Fontes:
Texto : SandraPereira
Foto : Google images

domingo, 13 de dezembro de 2015

Caça ao tesouro

Quem me conhece, sabe que eu sou a das "ideias" e surpresas.
Adoro deixar sorrisos e a minha marca bem presente.  Esta sou eu.

Os meus meninos ( uns amigos do coração, a família do Luxemburgo ) vão embora. Vão voltar para Portugal. E eu estou arrasada com a partida deles. Contudo, consegui extrair um lado bom e positivo desta partida precoce e é  isso que me deixa Feliz e dá força para sorrir e continuar nesta minha caminhada que é a Vida.

Por isso decidi deixar as lágrimas e a tristeza para mais à frente, ou pelo menos para quando estou sozinha e deixar que eles vejam um sorriso ( embora muitas vezes forçado ) nestes nossos últimos momentos a 5.



E não há nada melhor que vê-los a eles também felizes e de sorrisos no rosto. Foi a pensar nisso que lhes organizei uma mini Caça ao Tesouro.
Dentro das minhas possibilidades  (não é fácil gerir o meu tempo sozinha com um bebé totalmente dependente de mim) consegui fazer algo engraçado é até bastante interactivo. Aproveitei toda a zona em frente à minha casa, de modo a conseguir controlar o esconderijo das pistas ( não fosse alguém roubar-me-las) com a excepção de 2pistas sendo que uma delas tinha plena certeza quanto à sua segurança e ofereci-lhes uma boa meia hora de diversão.

Tive a certeza que a minha ideia teve sucesso, quando logo no início a minha M se pôs aos gritos de contentamento "....iei uma caça ao tesouro! !! Yaa. ..." ao mesmo tempo que saia correndo porta fora de tão contente que estava. Logo aí o meu coração ficou cheio.

E depois para acabar bastou-me com os Mega sorrisos com que regressaram a casa e com o contentamento extra quando finalmente encontraram o tesouro que os esperava na minha sala, bem perto da minha árvore de Natal. Novamente de coração cheio. E como diz uma amiga: "é tão fácil deixar sorrisos"





Fontes : 
Texto e Fotos : Sandra Pereira 

Restaurante em Flash : Chimi Churri, Luxemburgo

E o restaurante de hoje é:

Chimi Churri (clicar para ser redireccionado para a página oficial)

Tipo/Especialidade do restaurante: Comida Argentina
Ambiente: Calmo, agradável...
Serviço: 4,5☆☆☆☆♢
Decoração: Aborígene = Rústica ( toda em madeira )
Comida: 5☆☆☆☆☆
Preço: 45€pax

Decoração da sala


Entradas 


Pratos principais 


Sobremesas

Lembrete da origem deste post😊
""É um facto que  adoro comer. E se puder ser num bom restaurante, melhor.
E é que aqui, neste país de ar medieval, nem tudo é mau. Tem, ao contrário,  muitas coisas maravilhosas.
E uma delas são os restaurantes. Boa comida na mesa.
Poderia simplesmente chegar aqui e colocar uma extensa e longa lista de óptimos restaurantes luxemburgueses. Deixem-me corrigir: restaurantes afiliados no Luxemburgo.
Sim, porque o marido já fez um roteiro, não completo, mas muito extenso e variado. Mas não. Primeiro porque não seria a minha lista. E depois porque não seria a mesma coisa. Refiro-me à opinião crítica.  A minha opinião.  O que o marido gosta eu posso não aprovar....

E restaurantes afiliados no Luxemburgo porquê?
Porque salvo excepção, que os há, todos os que frequentei até ao momento e de todos os que ouço falar maravilhas são de várias nacionalidades, mas poucos ou nenhuns Luxemburgueses .""

sábado, 12 de dezembro de 2015

Árvores de Natal, giras e diferentes para todos os gostos

Apesar de adorar a árvore  típica e tradicional de Natal, tenho também, um gosto para tudo o que é diferente e original. E como eu sei que há muitos mais de vocês ai desse lado que também gostam de inovar, deixo então aqui uma mini selecção de coisas minimamente giras e algumas até bastante diferentes.

Atrevam-se!
















Fontes:
Texto : SandraPereira
Foto : Google images

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Despedida precoce

A época que vivemos é de amor, solidariedade, paz....e blá blá blá do estilo.
Mas eu, eu não consigo parar de sentir um pouco de irritabilidade e até mesmo de raiva, e muita impotência por não poder fazer absolutamente nada.

O certo é que sendo eu fã do: cada um tem aquilo que merece (já seja para o bem ou para o mal)  e acreditar fortemente  no tudo acontece por alguma razão,  ainda assim, por vezes acho que a vida consegue ser um pouco [ m u i t o  ] injusta.

E neste momento é exactamente isso que sinto. Sinto-me desolada, por a vida me levar para longe, são mais de 2500km de distância, ainda, aquela por quem tenho um carinho especial, e que aos poucos [ muito rapidamente ] conquistou o meu coração e a minha amizade. E não vai só.  Leva com ela duas criaturas igualmente queridas e amadas por todos cá em casa.

O que me irrita mais,  é que do mesmo jeito e na mesma medida  que ela me vai fazer IMENSA falta em tudo, também as suas crias o irão fazer a mim, mas mais ao meu filho. E é aí quando se me parte de vez o coração.
É pensar que o meu baby, não vai voltar a sentir borboletas no estômago, porque a M não vai voltar a entrar pela porta da rua.
É pensar que ele não me vai largar um grande sorriso,  porque a tia L não vai voltar a aparecer do lado de fora da janela chamando pelo seu nome.
É pensar que ele não vai dar um gritindo de alegria,  porque o Tomás não vai voltar a brincar com ele.
É pensar que eu vou levar muito tempo até perder a esperança de voltar a ver qualquer um deles a sorrir-me do lado de fora da janela...

É ter esta maldita dor aqui bem dentro do peito, e saber que vou acordar assim, com o mesmo sentimento indefinidamente.

É mais doloroso ainda, saber que não vai estar aqui ninguém, que me possa acolher nos seus braços sempre que eu precisar....

Adoro-te minha L.
Foi bom ter-te (vos) aqui bem presente na nossa vida este último ano.

A ti, onde fores, vai de sorriso no rosto. Mostra à vida, que tu és forte e podes com tudo aquilo com que ela te tenta e põe à prova.




Fontes :
Texto: SandraPereira
Foto: às nove no meu blog

DIY, Centro de Mesa de Natal deste ano

Quem me conhece, sabe que adoro reciclar frascos de mil e uma maneiras possíveis, e em toda e qualquer situação. Por isso quando vi umas imagens na net não hesitei e pensei logo que este ano, o arranjo do centro de mesa, ia ser algo do género.

Fonte de inspiração que serviu como mote para o meu arranjo 

Costumo fazer um arranjo de Natal, totalmente DIY ( Do it yourself ) faça você mesma ( em português ) e este Natal não podia ser diferente.

Os ingredientes são do mais básico que há e fáceis de encontrar em qualquer sítio.
☆ frascos reciclados
☆ farinha
☆ água
☆ ramas de pinheiro natural
☆ um "primo" da familia do azevinho, natural
☆ velas
☆ animais de brinquedos
☆ prato para base

E o resultado é algo como segue nas fotos em baixo.




Bom Natal a todos que por aqui passam.

Fontes:
Texto e Fotos : Sandra Pereira

sábado, 5 de dezembro de 2015

Restaurante em Flash : Solana, Luxemburgo

E o restaurante de hoje é:

Solana (clicar para ser redireccionado para a página oficial)

Tipo/Especialidade do restaurante: Comida espanhola
Ambiente: Calmo, simples, agradável
Serviço: 4☆☆☆☆
Decoração: Típica espanhola, desactualizada, simples....
Comida: 4☆☆☆☆
Preço: 35€ - 40€ pax


Aqui optámos por uma paella  e algumas entradas típicas ( sem registo fotográfico) tais como :  tortilla de patata,  enchidos, queijos...




Lembrete da origem deste post😊
""É um facto que  adoro comer. E se puder ser num bom restaurante, melhor.
E é que aqui, neste país de ar medieval, nem tudo é mau. Tem, ao contrário,  muitas coisas maravilhosas.
E uma delas são os restaurantes. Boa comida na mesa.
Poderia simplesmente chegar aqui e colocar uma extensa e longa lista de óptimos restaurantes luxemburgueses. Deixem-me corrigir: restaurantes afiliados no Luxemburgo.
Sim, porque o marido já fez um roteiro, não completo, mas muito extenso e variado. Mas não. Primeiro porque não seria a minha lista. E depois porque não seria a mesma coisa. Refiro-me à opinião crítica.  A minha opinião.  O que o marido gosta eu posso não aprovar....

E restaurantes afiliados no Luxemburgo porquê?
Porque salvo excepção, que os há, todos os que frequentei até ao momento e de todos os que ouço falar maravilhas são de várias nacionalidades, mas poucos ou nenhuns Luxemburgueses .""
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...