quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Sim, Gosto disto☺

O bonito da vida é mesmo isso: não saber o que vai acontecer!

Por natureza eu sou assim. Gosto de estar onde não estou. Gosto de estar onde vou estando. Gosto de estar onde estive.
Madrid foi fantástico e isso nota-se nas saudades que de lá sinto.
Luxemburgo está a ser bonito e isso eu sei porque depois de uma fase dura de adaptação o Sol brilha aqui, mesmo por cima do cinzento habitual a que este país nos habituou. A mim.  À minha família.




Ainda antes do Verão e quase na mesma altura, por coincidência, conversava com algumas amigas, desconhecidas entre si, sobre a minha estadia neste país onde o Sol teima em brilhar pouco. A todas transmiti o mesmo sentimento. Aquele que já sentia na altura e que continuo a sentir agora,  sem que isso interfira com a minha vontade de mudar e conhecer um novo país ☺.

Gosto de estar aqui. Sinto-me bem. Sinto-me muito bem. Quase em casa. E digo quase, porque essa porção que falta só será conquistada quando viver finalmente no sítio que quero.


Não sei se algum outro país, incluso no sítio dos meus sonhos, em casa, me poderá oferecer aquilo que tenho aqui. Por isso desfruto todos os dias desta calma, deste bem-estar, desta segurança, e desta PAZ que este país me oferece.
E o contacto directo com a Natureza pura, que o Luxemburgo me concede, esse também não tem preço.


No início foi duro. Muitíssimo duro. Noutra situação não me teria custado nem 1 parte do que custou. Sei que se não viesse num estado de gravidez avançado como vim, para um país como este, não teria sofrido e nem me teria custado tanto como custou. (Mas tudo por um filho. Não mudaria nada e voltava a vir nas mesmas circunstâncias.... ou não! Talvez fizesse algumas coisas diferentes. ...) Seja como for, essa fase já passou e neste momento somos muito felizes aqui. E arrisco-me a dizer que de todos é a nossa mascote, a nossa Golden Nara , quem mais ama viver aqui! Sim. Até nela noto uma felicidade que não via em Madrid. Sem falar nas melhores condições de vida que ela tem aqui a nível de saúde  ( este clima mais fresco e mais húmido é o melhor para ela, em oposto com aquele clima quente e abafado até mais não da cidade maravilhosa de Madrid.)



Como dizia atrás e como disse às minhas amigas,  sinto-me muito bem aqui. Não há nada que pague a segurança  com que me passeio pelas ruas calmas da cidade onde vivo, sozinha com o meu bebé e a minha Nara. E até de noite. Esporadicamente sou eu quem leva a Nara à rua na sua última saída do dia, a qual às vezes coincide com um horário muito tardio, não sendo isso motivo para me sentir insegura ou com medo de a levar até aos adentramentos do bosque mesmo aqui ao lado, ou levá-la num passeio mais longo ao longo da estrada....



E mesmo na zona mais chunga  (desculpem-me a palavra, os mais sensíveis)  da cidade de Luxemburgo, que digo ser a zona da Gare e alguns arredores, nem mesmo aí sinto medo. Claro que falo durante o dia. Porque à noite, também para lá nunca fui. Mas já fui algumas vezes ao longo do dia, e apesar de ser uma zona com muito comércio e bastante movimentada,  é também,  talvez por isso ou pela proximidade à estação central, uma zona frequentada por algumas pessoas menos "civilizadas". O certo é que isso não me assusta.  Já em Madrid, não teria tanta coragem!

Photo Luxemburgo de noite. Crédito: Serge Michels

O que mais gosto aqui:
☆ Da Paz que se sente e que se vive
☆ Da Segurança que se sente a todos os níveis  (saúde, vida pessoal, integridade física... )
☆ Do clima. Gosto muito de calor, mas tudo o que é exagerado incomoda-me. E por isso este clima mais ameno assenta-me mesmo bem. Nem tanto ao mar nem tanto à terra.
☆ Da reduzida possibilidade de encontrar casualmente na rua pessoas conhecidas e ou até indesejadas ( gosto muito de socializar, mas gosto mais ainda desta despreocupação de andar onde quero, como quero, quando quero e quanto quero sem ter de perder tempo com ninguém e menos ainda com quem não gosto só por uma questão de  boa educação ). Não ter que dar satisfação a ninguém da minha vida é ÓPTIMO ☺Claro que os amigos me fazem falta, mas viver num sítio onde ninguém me conhece,  tem as suas vantagens. ..


O que menos gosto aqui:
☆ Do racismo sentido e vivido, principalmente demonstrado por pessoas mais velhas e sem alguma abertura e civismo moral
☆ Da pouca presença do Sol. Apesar de gostar deste clima mais ameno/moderado, sinto falta de mais quantidade de dias de Sol.

Fontes :
Texto e Fotos : Sandra Pereira


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...