quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

# 1 Lembranças desde....



Fontes: Google Images

À Conquista da América

Se este post está aqui, então é porque desta vez, embarquei mesmo ☺☺☺☺
Não houve tempestades, não houve anulações, não houve cancelamentos.....
houve sim: viagem,  yuhuhu.

E viva a América!!!!!



Fontes: 
Texto: Sandra
Fotos: www.pinterest.com/sandrapereiram/new-york-america

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Delicatassen MM

Gosto muito de ir ao MM (Mercado de San Miguel, em Madrid).

Gosto porque não vou todos os dias.
Mas talvez se fosse, dependendo da óptica, talvez também não desgostasse, ou não enjoasse como penso que aconteceria.

Digo que gosto, porque o MM, apesar da sua rotina e dos seus cheiros típicos, é um antioxidante, e antidepressivo, para a vista por si só. Pode isto ser dito assim?? Não importa. Para mim é assim!!
De cada vez que vou, apesar do ambiente ser sempre o mesmo, s u f o c o não gosto nada de me sentir sufocada, e anda que o MM é bem arejado, paira no ar uma curiosidade para saber porque está sempre tão sufocado (embora já saiba a resposta)!

E a resposta é óbvia. A resposta está na resposta automática dos nossos 5 sentidos: cheiro, audição, olhar,tacto e gosto.

É impossível ir ao MM e não ter esta sequência de sentidos (tal qual a ordem descrita). É uma sequência automática, e ainda que nem sempre seja tida em regra ( afinal é um mercadito delicatassen e não podes ir todos os dias a desfrutar como se não houvesse amanhã) os 3 primeiros, esses sim, "trabalham".

Passo a descrever:

Cheiro: Ainda vamos na rua e já somos assaltados por cheiros de todo o tipo.
Audição: Todos sabemos que o timbre de voz do espanhol é exagerado!, agora juntem a este, o tom de voz de turistas extasiados e felizes, e com umas gramitas de álcool a mais...mas que isto não saia daqui.
Olhar: Quando por fim conseguimos (já tinha dito que o MM é um sufoco) ver alguma coisa, os pés param-se-nos automáticamente. Nem para trás, nem para a frente. Primeiro precisas de associar o que estás a ver e depois então de dizeres ao teu cérebro, calma...já comemos!
Tacto: O cérebro já associou e o nosso estômago também. E pede a gritos, ! Não tem como renunciar.
Gosto: Finalmente o grande guerreiro está saciado. Amén.

Somos afrontados com todo o tipo de delicatassens ou gourmesisses, como quiserem chamar. Desde os melhores alimentos até ás bebidas dos Deuses. Pratos confeccionados e outros crus. Bancas de carne, de peixe de frutas e legumes, de bacalhau, de cozinhados tão tíicos espanhóis, de doces que fazem salivar, de outras guloseimas que fazem o teu sangue pedir por açúcar...bebidas de cores e aparências que fazem os Marcianos querer viver neste planeta...enfim, um rol de gourmesisses que não é para todos os dias, pelo menos não para os que pertencemos à classe operária e vivemos de um miserável rendimento.

Contudo, uma vez por outra o MM é um destino obrigatório. E ai do turista que se atreva a vir a Madrid e não passeie os seus lindos olhos pelo mercado.

Sandra Pereira - www.vendavalsentimentos.blogspot.com


Sandra Pereira - www.vendavalsentimentos.blogspot.com


Sandra Pereira - www.vendavalsentimentos.blogspot.com

Sandra Pereira - www.vendavalsentimentos.blogspot.com

Fontes:
Texto e Fotos: Sandra Pereira

Cericaia

Um dia destes, estiveram umas delicias aqui por casa.
A verdade é que não duraram nada...mas que estavam ricas, estavam!!

Eram um conjunto de mini-quadrigémeas e uma alma sola. 
De comer e lamber os lábios!

No final ficaram cá em casa dois pratinhos desses (do das quadrigémeas) que agoram servem de cinzeiros...que por mais engraçados que sejam, aqui na casa não pintam nem quadram com nada.

Sandra Pereira, www.vendavalsentimentos.bloggspot.com

Fontes:
Texto e Fotos: Sandra Pereira

sábado, 23 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Cancro...

Já me roubou um avô, 2 se contarmos com o avô do meu marido.
Ameaçou-me um pai!!
Levou-me alguns amigos e também conhecidos.
E a todo o momento está a ameaçar!! 

É a pior e a mais asquerosa arma mortífera, contra a qual muitas vezes, infelizmente, por mais força que se tenha, é mesmo impossível ganhar a luta.

Outras vezes, felizmente, vence-se, ganha-se e festeja-se...e muda-se a óptica de viver, de sentir, de dar e receber. 

A todos os que tiveram ou têm contacto com esta "criatura",
tenham fé, 
sejam fortes,
lutem,
apoiem-se em quem amam, 
mostrem um sorriso, quando ele vos tenta com lágrimas,
e rezem...Deus sempre está aí!

Mas NUNCA, baixem os braços,
NUNCA deixem de lutar,
NUNCA se deixem vencer,
NUNCA percam a ESPERANÇA
NUNCA neguem o amor e carinho dos que vos redeiam e amam.

Um pensamento e postura positiva é muitas vezes o caminho para a salvação.
Abriguem-se na esperança e no positivismo.

Força para todos.




Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Foto: Google Images

Desilusão...

E pronto!

O Barco chegou ao fim. Definitivamente. E o que me tem zangada e a remoer aqui por casa, é o atrevimento fatal, destes guionistas espanhóis, ou lá que raça forem, que acabam com uma série assim, sem o mais mínimo de qualidade possível!!!

Vaya por Dios!!

E não sou a única, não, a pensar e sentir o mesmo.
Basta com ver os comentários na página de facebook, da entidade, que salta à vista o desagrado de toda a gente. E se as palavras tivessem poder físico, creio que a Antena3 e toda a equipa de guionistas, estariam já noutro planeta.
E ainda pergunto mais uma vez, vá-se lá saber a quem, como é que se atrevem??
Que baixo nível.

Que foi um capítulo interessante, isso sim, não se pode negar, mas interessante, para mais um capítulo, não para um final de série.
Agora parece que está de moda deixar que o espectador, crie o seu final!!! Mas onde é que isso já teve sucesso alguma vez?

Mais valia ter feito aquela viagem ontem direitinha para Marte. Ainda estou a tempo...



Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Dia Internacional da Língua Materna


Hoje, 21 de Fevereiro, é o DIA INTERNACIONAL DA LÍNGUA MATERNA.

E é com este texto de Bernardo Soares, heterônimo de Fernando Pessoa que aqui neste blog, se presta homenagem á minha língua materna, o PORTUGUÉS! E como quem não quer a coisa a todas as outras línguas também☺




 Livro do Desassossego  por Bernardo Soares. Vol.I. Fernando Pessoa

"Gosto de dizer. Direi melhor: gosto de palavrar. As palavras são para mim corpos tocáveis, sereias visíveis, sensualidades incorporadas. Talvez porque a sensualidade real não tem para mim interesse de nenhuma espécie - nem sequer mental ou de sonho -, transmudou-se-me o desejo para aquilo que em mim cria ritmos verbais, ou os escuta de outros. Estremeço se dizem bem. Tal página de Fialho, tal página de Chateaubriand, fazem formigar toda a minha vida em todas as veias, fazem-me raivar tremulamente quieto de um prazer inatingível que estou tendo. Tal página, até, de Vieira, na sua fria perfeição de engenharia sintáctica, me faz tremer como um ramo ao vento, num delírio passivo de coisa movida.
Como todos os grandes apaixonados, gosto da delícia da perda de mim, em que o gozo da entrega se sofre inteiramente. E, assim, muitas vezes, escrevo sem querer pensar, num devaneio externo, deixando que as palavras me façam festas, criança menina ao colo delas. São frases sem sentido, decorrendo mórbidas, numa fluidez de água sentida, esquecer-se de ribeiro em que as ondas se misturam e indefinem, tornando-se sempre outras, sucedendo a si mesmas. Assim as ideias, as imagens, trémulas de expressão, passam por mim em cortejos sonoros de sedas esbatidas, onde um luar de ideia bruxuleia, malhado e confuso.
Não choro por nada que a vida traga ou leve. Há porém páginas de prosa que me têm feito chorar. Lembro-me, como do que estou vendo, da noite em que, ainda criança, li pela primeira vez numa selecta o passo célebre de Vieira sobre o rei Salomão. «Fabricou Salomão um palácio...» E fui lendo, até ao fim, trémulo, confuso: depois rompi em lágrimas, felizes, como nenhuma felicidade real me fará chorar, como nenhuma tristeza da vida me fará imitar. Aquele movimento hierático da nossa clara língua majestosa, aquele exprimir das ideias nas palavras inevitáveis, correr de água porque há declive, aquele assombro vocálico em que os sons são cores ideais - tudo isso me toldou de instinto como uma grande emoção política. E, disse, chorei: hoje, relembrando, ainda choro. Não é - não - a saudade da infância de que não tenho saudades: é a saudade da emoção daquele momento, a mágoa de não poder já ler pela primeira vez aquela grande certeza sinfónica.
Não tenho sentimento nenhum político ou social. Tenho, porém, num sentido, um alto sentimento patriótico.Minha pátria é a língua portuguesa. Nada me pesaria que invadissem ou tomassem Portugal, desde que não me incomodassem pessoalmente. Mas odeio, com ódio verdadeiro, com o único ódio que sinto, não quem escreve mal português, não quem não sabe sintaxe, não quem escreve em ortografia simplificada, mas a página mal escrita, como pessoa própria, a sintaxe errada, como gente em que se bata, a ortografia sem ípsilon, como o escarro directo que me enoja independentemente de quem o cuspisse.
Sim, porque a ortografia também é gente. A palavra é completa vista e ouvida. E a gala da transliteração greco-romana veste-ma do seu vero manto régio, pelo qual é senhora e rainha."

Livro do Desassossego por Bernardo Soares. Vol.I. Fernando Pessoa.

Fontes:
Texto: Sandra Pereira e Google
Fotos: Google Images

Final indesejado...El Barco

Tudo tem um final.
Un inicio e um final!!
Claro!! A vida é mesmo assim.
Nascemos, temos uma vida e depois morremos. Para dar lugar a outros,ou seja lá o que for!!
Contra isso não há nada a fazer, a menos que possamos ter uma vida imortal, no planeta Marte, se assim for, vou já de viajem amanhã, hoje ainda tenho que ver o último capítulo do Barco!

Isto parece-me tudo correcto...Agora o que não me parece muito bem, é que após 3 anos acompanhada por esta escola náutica, agora me abandonem assim sem mais nem menos.
O problema até nem é o abandono inminente. Mas sim, que o façam assim á pressa!!! Ando aqui estes anos todos, inclusivamente privo-me de sair de casa ás quintas, tudo para não perder um episódio, para depois por motivos ocultos, cheguem e duas semanas antes do derradeiro final, anunciarem assim a seco, os últimos episódios de El Barco.
E logo agora numa fase em que estava a ganhar emoção e acção e até a ter algum sentido!!!
Não se pode entender estes espanhóis. Será que a crise também já chegou á Antena3??



Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

Sofá, sofá, sofá....

E porque o dia convida a isso, acabo de me deitar no meu sofá na companhia da Nara, de uma mantinha e 
com o aquecimento ligado!!!
Não há café nenhum que faça efeito hoje, e para mais com este tempo. 
Sofá, sofá, sofá...
Ainda tentei fugir, desviei o olhar, tentei exceder-me nos limites do meu trabalho diário, mas a preguiça e o desejo de um pouco de carinho de sofá, é mais forte e pôde comigo e com a minha pouca vontade de fazer algo mais de útil, hoje.
Assim que daqui a pouco devo estar a sonhar com as Bahamas...melhor se para o próximo Verão acordar depois de uma sesta e me der conta que afinal estou mesmo nas Bahamas, mas hoje quando acordar vai ser porque ou estou a assar de tanto calor...ou porque a Nara acordou da sua milésima sesta do dia com vontade de jogar á bola com alguém!!

Sandra Pereira


Fontes: 
Texto e fotos: Sandra Pereira

Pausa para chocolate quente...


Fazer uma pausa para tomar energias...sabe tão bem. O bom de estar em casa é que podes tomar um chocolate quentinho, ao teu gosto!!! Não daqueles que saem de uma máquina que vá-se lá saber de quanto em quanto tempo é limpa, e qual a validade dos produtos!!
Caseiro, sem conservantes nem nada dessas porcarias que nos estragam o organismo dia-a-dia.

E para alegrar o momento, fazê-lo num termo super lindo, vintage e muito querido.
Parece un cupcake!
Duplo prazer!!


Sandra Pereira

Fontes: 
Texto e Fotos: Sandra Pereira

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A estreitar o tempo...



E de novo
a olhar para o calendário, 
a estreitar os dias, 
a sonhar as noites, 
a devorar o relógio,
a espreitar as temperaturas,
a rezar para que tudo dê certo, 
....



Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos Google Images

Ainda sobre o dia dos Namorados...

O dia dos namorados, trouxe surpresas cá para casa!
Entre outras, trouxe esta bola "surpresa".

É uma bola bomba/explosiva, para o banho.
Linda e super perfumada, e deveria ser "gulosa", pois a Nara atreveu-se a prová-la!!
E trazia uma surpresa incluída: corações de confetis.

Quando colocada na banheira, após explodir, começou a soltar coraçõezinhos!!
Super romãntica! E claro, a água ficou super, hiper, mega cor-de-rosa. 
Um banho dos Deuses!! ☺☺

Sandra Pereira


E claro, a namoradinha cá de casa também teve direito a prendinhas.
Á parte das suas guloseimas preferidas, teve direiro a uma bola, que A D O R O U  e não larga nunca. Inclusivamente dorme com ela.
E quando se lembra, vem desafiar-nos para umas brincadeiras animadas em que a única protagonista da mesma, acaba por ser só ela, de tão "cínica" que é com a sua bolinha!!!

Sandra Pereira

Fontes:
Texto e Fotos: Sandra Pereira

O melhor esctitório....

do mundo, é este!!! 
E com Nara incluída!!
Dá gosto trabalhar assim.
Mas o mais interessado nesta vertente é sem dúvida a Nara, que está super feliz de ter a "mami" o tempo todo para ela.


Sandra Pereira

Fontes: 
Texto e Fotos: Sandra Pereira

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Capuccino guloso

Esta tarde, também tive tempo de desfrutar de um óptimo capuccino caseiro, feito com muito carinho, pelo amor da minha vida.
Estava deliciosamente guloso.

Sandra Pereira

Fontes:
Texto e Fotos: Sandra Pereira

Francesinha com amor

Cozinhar com amor é giro!!
Hoje foi tempo de uma francesinha com muito amor.
Asseguro que estava deliciosa. e o pormenor do ovinho, estava um must!

Sandra Pereira

Fontes: 
Texto e Fotos: Sandra Pereira

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Trabalhar "at home", vantagens e desvantagens

Trabalhar desde casa é possível.
Nos dias que decorrem, é já uma realidade bem assente no mundo do trabalho. E cada vez mais, terá mais sucesso. Futuramente, muitos serão os profissionais que trabalharão através desta modalidade.

Para trabalhar a partir de casa, apenas se necessitam 3 coisas essenciais:

  1. Computador
  2. Internet
  3. Telefone ( ás vezes indispensavel)
Com estes requisitos e uma grande orientação pessoal e profissional tem o sucesso garantido ao trabalhar a partir de casa.


Por outra parte, trabalhar at home, tem as suas vantagens e desvantagens.

Vantagens ( do meu ponto de vista)

  • Flexibilidade  de horários
  • Maior indepêndencia
  • Proximidade à família
  • Redução de stress
  • Redução de custos: transportes, comida...
  • Poupança de tempo (mais tempo para outras actividades)
  • E o melhor de tudo é que posso trabalhar de pijama!!! ☺☺
Desvantagens
  • Seguramente que as existe, como por exemplo (perda da privacidade pessoal; possibilidade de excesso de carga de trabalho; indefinição de horários de trabalho e lazer, se não houver planejamento e disciplina, tendência ao isolamento social (para quem mora só) porém a mim de momento não me afetam. 


Fontes: 
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Amor versão canina ♥♥

Aqui em casa o ♥amor♥ é muito e anda no ar.
E nem a distãncia faz encolher estes grandes corações e esquecer os melhores amigos e os namorados de toda a vida!!

Os melhores amigos...numa altura de carinho.Sandra Pereira


A Narinha com o amor da sua vida, o Scotty :)
Sandra Pereira

Fontes:
Texto e fotos: Sandra Pereira

Dia dos Namorados ou dia dos Apaixonados??

Em 30 anos, este é o primeiro dia dos namorados em que o meu estatuto mudou.

Perante a Igreja, Deus, os amigos e todo o mundo, já não sou namorada e ele já não é o meu namorado.Mas isso é só mesmo no papel, porque na prática somos namorados todos os dias, todo o tempo.

O casamento não mudou nada...mais que isso, insisto em dirigir-me a ele, como namorado.
São poucas as vezes que o nomeio de marido. Talvez por soar tão raro... ou talvez, porque ao fazê-lo me estou a outorgar uma responsabilodade aliada a idade, que teimo em não aceitar.

Assim que hoje é dia dos namorados, e o meu dia também (ainda que esteje casada).
Claro que por que casámos, não estamos condicionados a não comemorar o dia dos namorados. Afinal este dia é o dia de S. Valentim, e segundo a história,(ver mais abaixo, fontes da wikipedia) Valentim, era um bispo romano que celebrava casamentos contra a vontade do imperador CláudioII. 
Talvez então o "Dia dos Namorados", devesse passar a chamar-se "Dia dos Casados", ou então, visto que a sua base é o amor, "Dia dos Apaixonados".

Seja como for, aqui em casa comemora-se este dia.
Não só hoje (14 de Fevereiro), mas sim todos os dias do ano.
É tão bom amar e ser correspondido.



História de São Valentim:
São Valentim (ou Valentinus em latim), é um santo reconhecido pela Igreja Católica e igrejas orientais que dá nome ao Dia dos Namorados em muitos países, onde celebram o Dia de São Valentim. O nome refere-se a pelo menos três santos martirizados na Roma antiga.
imperador Cláudio II, durante seu governo , proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objetivo de formar um grande e poderoso exército. Cláudio acreditava que os jovens, se não tivessem família, alistar-se-iam com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentim e as cerimónias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega, Astérias, filha do carcereiro, a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim. Os dois acabaram apaixonando-se e, milagrosamente, a jovem recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: “de seu Valentim”, expressão ainda hoje utilizada. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270.
Entretanto, desde 1969 sua data não é mais celebrada oficialmente pela Igreja Católica em função da precariedade de comprovações históricas que levam em questão até mesmo a sua existência. 


Fontes:
Texto: Sandra Pereira e wikipédia
Fotos Google images

Feliz dia dos Namorados



Fontes: 
Fotos: Google Images

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

3 anos em Madrid...

E ontem foi dia 10 de Fevereiro.
Que é o mesmo que falar em 3 anos de vida cosmopolita em Madrid!
O tempo passa e as diferenças são evidentes entre cada "aniversário".

Ontem, poderia ter sido um "aniversário" ainda mais diferente do que foi.
Poderia estar a comemorar em NY... porém a vida ditou que ficaria aqui por Madrid, talvez por fazer mais sentido...ou talvez para cultivar novas amizades e cuidar das mais antigas.

E foi bom. Ficámos entre amigos. Entre gargalhadas, entre conversas, entre passeios, almoços e jantares.
Foi um dia fantástico, onde o final do mesmo, ficou reservado para meditar um pouco nos 3 últimos anos, no que vivemos, no que descobrimos, nas coisas boas e nas menos boas...e em tudo o que Madrid nos proporcionou e continuará a proporcionar.



Fontes:
Texto Sandra Pereira
Fotos: Google Images

domingo, 10 de fevereiro de 2013

FDS perfeito


Foi inesperado.
Mas foi óptimo.

Foi um fim-de-semana com actividades também imprevistas que se tivessem corrido bem, teriam provocado estados de espírito ainda mais excêntricos, mas não se pode ter tudo. Seguramente da próxima teremos mais sorte.

Entre pequenos-almoços ingleses, ou será melhor dizer madrilenhos??, passeios em óptima companhia, horas de conversas,  jantares de sabores "exquisitos",  almoços surenhos, MUITAS gargalhadas, e 6 horas de empréstimos e outras coisas mais, foi um fim-de-semana perfeito.

Nada como estar rodeada de amigos ♥


Sandra Pereira, www.vendavalsentimentos.blogspot.com

Fontes:
Texto e fotos: Sandra Pereira

Mais uma vez...afortunados!

Pois é.
Tudo acontece por uma razão. Sempre defendi esta ideia e cada vez mais acredito nela.
A parte menos clara disto tudo é que às vezes (muitas) não me chego a aperceber bem de qual é a razão...
Neste caso isso não aconteceu, pois foi bastante óbvio.
E depois da grande desilusão aquando da nossa chegada ao aeroporto e ver que o nosso voo tinha sido cancelado!!!! foi tempo de relaxarmos e sermos possuídos por um bem-estar.
Como se costuma dizer, e acho que neste caso, encaixa perfeitamente com a realidade: "Depois da tempestade vem a bonança."

Basta com ver as notícias e depressa chegamos á conclusão que mais uma vez somos afortunados!
Como se não bastasse uma, Aqui agora ainda vão sofrer outra tempestade Aqui!!
Que Deus os Ajude.



Fontes: 
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

NY Atrasada....

Supostamente deveria estar agora mesmo a desfrutar de umas vistas fantásticas, de neve nas sobrancelhas, de temperaturas exorbitantemente frias, de sensações e experiências inesquecíveis....não fosse o voo ter sido cancelado!!!

O que me mantém menos triste é ter a consciência de que tudo acontece por alguma razão.
E apesar de tudo, NY continua à minha espera!!


Fontes:
Texto e Fotos: Sandra Pereira

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

♥♥ 6 MESES ♥♥


Desejemos muito, desejemos pouco...
Gritemos ou não...
Com muitos ou poucos sorrisos...
Com grandes ou pequenos sonhos...
Dá igual.
Façamos o que façamos, o tempo não pára nem volta atrás.
Tudo se pode lembrar, recordar.
Com o pensamento, uma fotografia ou um vídeo.
Porém jamais se pode reviver, ou viver diferente.
Pode-se sim, sentir nostalgia, alegria, saudade...e até sentir "quase" o mesmo sentimento que se sentiu antes, mas nunca o mesmo. Sempre vai existir algo diferente...

É por isso que dia atrás de dia, me lembro daquele dia de há 6 meses atrás, mas que inutilmente, deseje ou sonhe muito com isso, voltarei a vivê-lo.
É por isso que as lembranças são algo importantes para mim.
Que tenho uma base incalculável de fotos que usufruo muito constantemente.

E hoje também já tive o meu tempo de desfrutar de ambas coisas e poder recordar de uma forma melhor aquele que foi um dos dias mais felizes da minha vida.


Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Imagens: Google Images

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Parabéns amiga

30 anos!!
30 anos, são 30 anos!!

Creio que é uma passagem, uma mudança que ainda que não queiramos nos marca.
Deixamos a casa dos vinte, para habitar na dos 30!!
E os 30, supõe-se que nos impinge uma maior responsabilidade, que nos dá um ar mais sério, mais maduro, como que quase nos obriga a ser como dizia a minha avó: "uma mulher".

O que não sei é se estamos dispostas a aceitar esses 30 e tudo o que vem com eles, com um sorriso e umas boas-vindas sinceras. De todos os modos, eles chegaram, e paradoxamente, significam vida...

Só nos resta saber aceitá-los e viver com eles, partilhando os nossos sorrisos e as nossas lágrimas.

O lado bom, é que temos ainda 10 LONGOS anos antes de entrar nos "enta", por isso: a desfrutar!!



Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

☺☺ Entrega do meu prémio ☺☺

 
Sandra Pereira


 
Hoje foi o dia "D".
 
O dia em que por fim demos "rostos" uns aos outros.
O dia em que o sonho deixou de ser apenas um sonho para  passar a ser meia realidade.

13.30horas
Flash Flash Madrid
Calle Nuñez de Balboa,75
Objectivo: Entrega em mão e pessoalmente do prémio = Viagem a Nova York.  Mais info aqui.

Sandra Pereira

Ignacio de Alfonso (administrador do restaurante) e Pilar Marqueño (marketing e comunicação), os dois rostos que hoje deixaram de ser anónimos.


Fontes:
Texto e fotos: Sandra Pereira

Fevereiro...



Já está aqui.
E eu tenho imensas esperanças depositadas neste mês!
Baseadas em superstições, é verdade, mas que não deixam de ser esperanças que me alentam e aquecem o coração.

E também está a grande, maravilhosa e inesquecível experiência, que este mês me vai proporcionar.
O realizar de um sonho.
Um sonho mais realizado.

Felicidade e esperança.
Duas palavras para este mês.

Fontes:
Texto:Sandra Pereira
Fotos: Google images
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...