segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Instagram


Por umas coisas ou por outras, até há uns dias atrás ainda não tinha chegado à minha vida.
Agora já chegou e já se instalou.
Já faz parte de mim, do meu dia-a-dia, das minhas saídas, dos meus passeios...


Sandra Pereira
Exemplo de Foto Instagram

Mas confesso que fiquei algo desapontada.
O "ruído" era tal, que me entusiasmei e pensei que este seria uma revolução e revelação tal, no meio dos que amamos a fotografia.
Enganei-me! Rotundamente enganada!

Instagram é apenas mais uma aplicação no meio de tantas.
Incompleta e menos ainda complexa. Talvez por esta última, seja tão adorada e cobiçada.
Quanto à parte de incompleta, também tem solução. Todas elas, na sua maoria grátis. Mas não deixam de ser mais uma aplicação a instalar. Mais um ocupar de espaço na memória do nosso telemóvel...

Seja como for utilizo e gosto.
Tem a vantagem e creio que a única e melhor de todas, de no mesmo instante em que é tirada a foto, poder trabalhá-la e colocá-la "on line" nas várias redes sociais que oferece, entre elas o facebook e twitter.
Porém creio que é a única grande vantagem que encontro.

Porque para tudo o resto, gosto muito do muzy, mas  isso já são coisas minhas!

Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Sandra Pereira

Lágrimas por Jonh Q

É verdade, assumidissima, que sou uma chorona.
Choro por tudo e por nada.
Por felicidade, por alegria, por emoção, por saudade, por tristeza....choro, choro...
Sou emotivamente emotiva.

Há imensas coisas que me fazem saltar as lágrimas.
Filmes inclusivamente.

Eu sei que é antigo e que o facto de já o ter visto várias vezes, me poderia ter dado o fôlego suficiente, para saber conter as lágrimas, e não chorar como se não houvesse amanhã...mas os sentimentos afloram-se-me sempre e atingem o meu lado mais sensivel sem que eu possa tomar rédeas no assunto.
Não tenho (capacidade) nem sei como me conter e ser forte...
Simplesmente deixo que elas (lágrimas) ganhem vida e descubram o caminho por entre o meu rosto, até chegarem ao centro de onde se desencadeia tudo. O meu peito. O meu coração.

É apenas um filme.
Não sei se algum pai, na vida real fez o que este pai fez (e queria fazer).
Não sei muitas coisas...mas sei que entre otras coisas (como a denuncia de burocracias que ganham à humanidade), este filme é sem sombra de dúvidas um ataque a qualquer coração. Creio que até o mais forte e insensível dos seres humanos, ficará no mínimo sensibilizado ( se tiver oportunidade de o ver).

Sentimentos verdadeiros, amor genuíno, dor, e dureza, muita dureza. Um homem disposto a abdicar da sua vida, disposto a suicidar-se, para salvar o seu filho, ainda que esse gesto o proiba de o ver crescer. Um amor genuinamente grande e sincero capaz de suscitar em mim um respeito enorme pelo amor que um pai sente por um filho.

Falo assim, porque não sou mãe.
Tenho a certeza que no dia que tiver uma vida á qual eu dei a vida, e voltar a ver este filme, nesse meu novo estatuto (mãe), irei sem sombra de dúvida descubrir sentimentos com este filme que ainda não descubri (ao longo destas sessões de cinema, como disse já vi este filme muitas vezes)
Irei sentir coisas que não sei que existem.
E irei chorar muito. MUITO mesmo.

E depois está o outro lado sensivel, que me toca o coração tanto ou mais que o propósito deste homem. Está o seu discurso (ao despedir-se do seu filho) leal, honesto, humilde, simples, mas onde contém o essencial da vida de um homem.
O amor, o respeito, sinceridade e humildade.
4 premissas na qual se deve basear a vida de todo e qualquer ser humano. Nem mais nem menos. Um discurso exageradamente sensível que toca sim, ou sim, no coração de qualquer ser que se preze.




Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Love ♥


Uma base/ideia, que pode servir de decoração para toda e qualquer festa que esteja a pensar organizar.
Adoro .


Fontes:
Pinterest.com

10 coisas que gosto do Inverno

Gostar gostar, gosto de todas.
Acredito que não dariamos o verdadeiro valor a cada uma delas, sem a existência das outras.
Á parte disso todas elas têm o seu encanto.
É claro que tenho as minhas preferidas para umas coisas e as preferidas para outras!!!
E no fundo tenho a mais preferida de todas!
Claro, como toda a gente.

Mas como estamos no Inverno, vou dizer sem o que não vivo no Inverno, e o que mais gosto dele.

  1. Chocolate quente.
  2. Chás de todas as cores e sabores.
  3. Torradinhas com leite quente.
  4. Pequenos-almoços ingleses (para aquecer bem o dia).
  5. Pijamas, muitos pijamas (adoro andar de pijama e robe)
  6. SPA (sabem tão bem no Inverno!!)
  7. O aquecimento central da minha casa, que faz com que pareça que é Verão!!! (odeio as camilhas!!!)
  8. Casacos, cachecóis e gorros.
  9. Natal
  10. A Neve

Existe mais, muito mais, mas ficamos com estes 10 itens, que são os essenciais.
E para os que não gostam do Inverno, ãnimo, que já faltou mais para a Primavera :)

Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Ramos de noiva vintages

Muito na moda, agora, estão os ramos com os pregadores.
De todas as cores, todos os tamanhos, todos os feitios e modelos.
Simplesmente lindos!
Ok, ficarão super pesados e talvez isso seja um pouco incomodativo, na hora de segurar o ramo, o calor, os nervos...
Mas que são super lindos, originais, romãnticos, disso não existe a menor dúvida.
 
Você decide!
 
 
 
 
Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

Detalhes Vintage

Adoro o vintage.
Já todo o mundo sabe disso!!!
 
Só que é algo que gosto tanto que não consigo passar por "ele" e ficar indiferente.

 
 
 



Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

#2 Doçura...

 
 
 
Fontes: Pinterest.com

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Como ganhei uma viagem a NY **** Como gané un viaje a NY

Foi em Setembro.
Estava de regresso a Madrid e à minha vida de desempregada que se traduz como: imenso tempo livre.Depois de fazer tudo o que tenho para fazer....preciso de me ocupar de alguma maneira.

Alguém me tinha falado de um restaurante onde se come muito bem (género tapas) e num desses dias coloridos de finais de Setembro, enquanto realizava umas quantas pesquisas na net, lembrei-me de o pesquisar.
E então encontrei-o.
Flash Flash Madrid (Facebook) e Página Web . E foi uma agradável surpresa descubrir o concurso que este restaurante tinha em vigor.

À primeira vista nada de complicado...pelo contrário, até bastante aliciante.
Flash Flash Madrid protagonizava um concurso fotográfico.
Cada mês um tema diferente e era só enviar fotos originais dentro dessa temática.
O prémio mensal à melhor fotografia seria um jantar no próprio restaurante para mais 5 pessoas (6 pax no total).
E durante o mês de Novembro, sortearse-ia entre todos os participantes, o Grande Prémio Final: Uma viagem a New York para 2 pax.

Participei justamente no último momento, com a temática Flash.



Aproveitei um passeio ao Escorial para dar uns ares de fotógrafa com a minha nova Nikon e dias depois enviei a minha foto (confesso, sem artimanhas, sem truques, sem qualidade...enfim, uma foto do mais normal e inclusivamente com pouca luz (ainda sou aprendiz)...porém era e foi a minha foto. A foto com que participei.
Claro que se o sorteio fosse com critérios específicos, eu não teria sido a vencedora (provavelmente nem sequer teria participado), pois á parte de mim, participaram muitos dos que são realmente profissionais nesta área.

Momento Flash = Nuvens a tocar no Escorial (foto utilizada para participar no concurso)


A minha sorte, foi ter sido um sorteio que nuestros hermanos designam como la mano inocente. Ou seja, todos os nomes dos participantes dentro de uma caixinha escura e o nome vencedor sairá à luz com a ajuda de uma mãozinha (abençoada mão Emoji )

E assim foi.

 No dia 21 de Novembro realizou-se no restaurante aquilo que os próprios denominaram como: Gran éxito ayer en #TheBiggestInstameet!!! Gracias a todos los @igers por asistir y disfrutar del mayor evento organizado por InstagramersMadrid y @PhilGonzalez. Algunos de los mejores momentos podéis verlos aquí http://statigr.am/viewer.php#/tag/thebiggestinstameet/. Texto retirado do facebook. Ver aqui.

Basicamente, foi a reunião de todos os participantes (e não participantes) para assistirem ao sorteio ao vivo e em directo do vencedor (eu Emoji) através do Instagram.

Foto Flash Flash Madrid ( do dia do sorteio)
 


E assim deste modo dia 21 saiu-me a sorte grande.
Uma viagem (4 noites) a Nova York, com hotel, voos, tranfers e um jantar incluído no restaurante onde está a tortilla mais cara do mundo!!!

E ainda dizem que a sorte não existe!!!
Existe sim...é preciso procurá-la.

EmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmojiEmoji
 
Pasó en septiembre.

Estaba de vuelta a Madrid y a mi vida de desempleada que se traduce como: demasiado tiempo libre. Así que tengo que arreglarmelas para mantenerme ocupada y no volverme loca.Alguien me había hablado de un restaurante dónde se puede comer muy bien ( tapas ) y uno de esos días llenos de color a finales de septiembre, mientras  paseaba en la red, me acordé de buscar dicho restaurante.

Y entonces lo encontré.

Flash Flash Madrid (Facebook) e Página Web.

Y fue una grata sorpresa, descubrir que este restaurante tenía en efecto un concurso muy aliciante.A primera vista, nada complicado ..
Flash Flash Madrid protagonizava un concurso fotográfico.Cada mes un tema diferente y lo único necesario para participar sería enviar una foto original dentro del tema mensual.El prémio mensual a la mejor foto sería una cena en el restaurante para 5 personas más.Y durante el mes de noviembre, se realizaría el sorteo entre todos los participantes, para el Gran Premio final: un viaje a Nueva York para 2 personas.

Participé casi en el último momento, con el tema: Flash.

Aproveché un paseo a El Escorial para darme unos aires de fotógrafa con mi nueva Nikon y días después envié mi foto (lo confieso, sin trucos, sin grand calidad ... bueno, una foto de lo más normal e incluso con poca luz ( todavía soy una aprendiz) ... pero fué mi foto.
La foto con que participé.

Por supuesto, si el concurso fuese con criterios específicos, no habría sido el ganador(probablemente ni siquiera habría participado) porque a parte de mí, participarón muchos de los cuales son en realidad los profesionales de la fotografía.
Mi suerte fue haber sido un sorteo que se designa como la mano inocente. Es decir, los nombres de todos los participantes dentro de una caja oscura y el nombre ganador saldrá a la luz con la ayuda de una mano.

Y así fue.


 
El 21 de noviembre se celebró en el restaurante lo que ellos mismos denominanrón como: Gran éxito ayer en #TheBiggestInstameet!!! Gracias a todos los @igers por asistir y disfrutar del mayor evento organizado por InstagramersMadrid y @PhilGonzalez. Algunos de los mejores momentos podéis verlos aquí http://statigr.am/viewer.php#/tag/thebiggestinstameet/. Texto sacado de su página en  facebook. Ver aqui..

Básicamente, se trataba de una reunión de todos los participantes (y no participantes) para ver el sorteo en vivo y en directo del ganador (YO  Emoji ) a través de Instagram.
Y así, de esta manera, el 21 me salió la suerte.
Un viaje (4 noches) a Nueva York, con hotel, vuelos, transfers e incluída una cena en el restaurante donde está la tortilla más cara del mundo!

Y dicen que la suerte no existe!
Si, existe ... sólo hay que buscarla.

Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Sandra Pereira e Flash Flash Madrid
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...