sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Desculpa, mas vou chamar-te amor







De facto um livro que poderia levantar muita polémica entre o público, devido à diferença de idades dos protagonistas... não fosse a época em que vivemos.
Uma época onde a liberdade de sentir se vive sem escusas, nem remordimentos.
Onde os sentimentos mais que livres são vividos de forma excêntrica e sentida, verdadeira polémica e até envergonhada mas nunca escondida.
Gosto muito da existência dessa liberdade para poder ser tudo...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...